PGRS – Plano de Gestão de Resíduos Sólidos


O que é PGRS?

O PGRSPlano de Gestão de Resíduos Sólidos, conforme Lei Nº 12.305/2010 da Política Nacional de Resíduos Sólidos, cita gerenciamento de resíduos sólidos como o conjunto de ações exercido, direta ou indiretamente, nas etapas de coleta, transporte, transbordo, tratamento, destinação e disposição final ambientalmente adequada dos resíduos sólidos.

Quem está sujeito à elaboração do PGRS?  

Empresas em geral, setor da construção civil, estabelecimentos comerciais e prestadores de serviço que:

  • Gerem resíduos perigosos;
  • Gerem resíduos que, mesmo que não sejam perigosos, por sua natureza, composição e volume, não sejam equiparados aos resíduos domiciliares pelo poder público municipal;

Como a Horizonte Ambiental pode me ajudar?

A Horizonte Ambiental possui em seu portfólio a elaboração de diversos PGRS – Plano de Gestão de Resíduos Sólidos para os diferentes setores empresariais.

Secretarias Municipais de Meio Ambientes já estão solicitando como obrigatoriedade a apresentação do PGRS – Plano de Gestão de Resíduos Sólidos no processo de Licenciamento Ambiental – LA. O que torna a gestão ambiental dos processos com maior controle diante dos aspectos ambientais das empresas.

A Horizonte Ambiental acredita que o PGRS é de suma importância para gestão de resíduos sólidos das empresas, agregando maior valor em seus processos operacionais, serviços e produtos com a possibilidade de retorno lucrativo diante da reciclagem e reutilização de alguns resíduos sólidos.

Alguns resíduos sólidos necessitam de CADRICertificado de Movimentação de Resíduos de Interesse Ambiental. A Horizonte Ambiental também executa o CADRI CETESB que é um documento que aprova o encaminhamento de resíduos de interesse ambiental, por exemplo: resíduos industriais perigosos Classe I, resíduos de serviços de saúde, resíduos de embalagens de agrotóxicos, entre outros,  a locais licenciados e autorizados pela CETESB.